terça-feira, 1 de Novembro de 2011

Twitter: reflexão final

Foi proposto pela unidade curricular AVA - Ambientes Virtuais de Aprendizagem três semanas de contato com uma das ferramentas mais utilizadas em contexto Web social: o Twitter.
O Twitter é uma rede social de microblogging, que permite enviar e receber mensagens ou “tweets” entre usuários limitadas a 140 carateres. Foram três semanas bastante intensas e motivadoras no que respeita à exploração das funcionalidades do Twitter, tomando contato com uma série de conceitos novos: hashtags , retweets, direct menssage, replies/mentions, e recursos que permitem gerir mais rapidamente a quantidade elevada de informações produzida: TweetDeck, uma famosa aplicação baseadas no twitter, e considerada por muitos a melhor, esta permite-lhe fazer o mesmo uso do twitter mas de forma mais organizada, listando separadamente as mensagens diretas, as respostas, e os posts, permitindo “poupar tempo”, possibilitando várias opções, como adicionar a nossa conta do Facebook à aplicação, enviar tweets directamente por email, traduzir tweets, entre muitas outras; HootSuite, permite controlar várias contas do Twitter, num único lugar, tal como o TweetDeck possibilitando receber diversas mensagens separadas em colunas; Twitterfeed, serviço que permite “twittar” automaticamente tudo que se escreve no blog; Klout ferramenta para medir a influência dos utilizadores nas redes sociais. A possibilidade de interligar o Twitter a outras redes sociais como: o Facebook, o Blog, o Diigo, o LinkedIn, entre outros, permite uma maior facilidade de comunicação.
Esta aventura, que teve inicio em Outubro de 2011 e parece estar só a começar, o interesse pelo twitter revela-se cada vez maior, sendo que a ferramenta traduz-se numa mais valia profissional, assim como um ambiente de aprendizagem muito rico e atual, possibilitando aceder a uma diversidades de informações quase em tempo real, tal como foi possível experienciar na conferência MyMpel online. Tal como já referi numa reflexão anterior: Primeiro estranha-se…depois entranha-se.

1 comentário:

  1. Boa tarde Carla
    Estou a fazer um trabalho de pesquisa sobre o Twitter para uma unidade curricular de mestrado e gostava de obter mais informações sobre esta aplicação em contexto educativo. Será que me pode ajudar?
    Gostava de saber como é que esta ferramenta poderá potenciar o processo de ensino-aprendizagem...
    Obrigada
    Fico a aguardar uma resposta da sua parte

    ResponderEliminar